seria impossível esta foto ter sido captada por mim, mas, em parte, foi para mim.

uma demonstração de como é bom poder rever e recordar quem nunca esquecemos: por um lado certa que o mais importante ultrapassa uma qualquer imagem; por outro sabendo que uma imagem~lembrança também nos inspira, nos re~liga com um pedaço da infinita presença que nos mantém em conexão.

não há distância ou tempo que nos impeça de sentir.
se num dia como o de hoje o teu corpo de mim se despediu, o teu espírito em mim assim vive: nas lembranças que escolho commemorar, na centelhas tuas que escolho expressar.

pelas presenças e ausências, pelo que me recordo e pelo que não me lembro, sobretudo pela Vida que por ti me chegou: * gratitudĭne patre *

.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s