fazer-me como me desfaço

Setembro 19, 2014 — Deixe um comentário

como me hice, no volvería a hacerme. tal vez volvería a hacerme como me deshago. *
antonio porchia

a pausa veraneia de conteúdos justifica-se mais pelo súbito desaparecimento de ferramentas de trabalho do que pelo sazonal aproveitamento do calor da época.
têm sido longas as noites sem dormir, rápidos os dias de afazeres. em poucos meses a vida segue parecendo que me atravessa por anos.

partilho algumas fotos, que germinam a imensa vontade de recriar-me na expressão de uma criatividade que late. ainda não sei como a commemorare ressuscitará. talvez, como diz o poeta acima, à boleia de alguma inspiração do como a isabel se desfaz.

( fotos editadas em modo * magic portable paraphernalia *, espremendo a flexibilidade e paciência, agradecendo a versatilidade das modernices )

IMG_1408.JPG

IMG_1475.JPG

IMG_1476.JPG

IMG_1674-0.JPG

IMG_1665.JPG

IMG_1664.JPG

IMG_1666.JPG

IMG_1478.JPG

IMG_1669.JPG

IMG_1668.JPG

IMG_1667.JPG

IMG_1666.JPG

IMG_1662.JPG

IMG_1661.JPG

IMG_1663.JPG

IMG_1670.JPG

IMG_1671.JPG

IMG_1672.JPG

IMG_1673.JPG

Sem Comentários

Be the first to start the conversation!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s