Archives For help-portrait

helping a Portrait

Dezembro 8, 2014 — 1 Comentário

o Help Portrait entra na categoria de um dos meus favoritos rituais de Natal.
(sobre edição 2011, edição 2012, artigo em inglês na página oficial: giver/receiver.)

é o juntar de uma família ao redor de algo que valorizo imensamente, serviço à comunidade, conjugado com esta paixão pela fotografia. um dia de magia em dezembro, resultado de vários meses de preparação e articulação entre partes, em que voluntários e beneficiários se sentem ambos ganhadores!

já escrevi várias vezes sobre a honra de fazer parte desta equipa que me resta desta vez partilhar algumas das imagens que tive oportunidade de captar, nos bastidores do zunzum.

mais uma edição magistralmente coordenada: parabéns a toda a equipa com especial louvor ao visionário maestro Tarcício Pontes. e, com esta boa energia, o evento de 2015 já está a mexer :)

ps – nota para qualquer sensível à fotografia que por aqui ande, as fotos continuam todas as ser espremidíssimas num (milagreiro) iPad.

no dia em que me agarrei às teclas para escrever o artigo sobre a edição do Help Portrait de 2012 recebi a notificação de uma chamada por parte da organização internacional estimulando a colaboração por parte dos participantes de cada evento, a partilharem a sua visão/história.
o que partilho aqui convosco é a versão portuguesa do texto que escrevi em inglês, submetido juntamente com algumas das fotos de ”bastidores” que fiz nesse dia. [ galeria abaixo ]

se se sentirem inspirados a participar em próximas edições, acedam à página oficial dos grupos: http://community.help-portrait.com ou à página de Facebook do evento em Lisboa: www.facebook.com/HelpPortraitLisboa

DSC_4962*08122012

O Help-Portrait de Dezembro de 2012 não foi a primeira edição em que participei como voluntária e, apesar de ter sido um tremendo sucesso, não me atrevo a dizer que tenha sido um evento ainda mais rico que a edição anterior. Com gordos sublinhados opino que foi uma magnífica edição, rica como a anterior, rica como as que venham a ocorrer. Cada uma com as suas pérolas e preciosas vivências, enriquecidos nós pela cumulativa experiência.

Como voluntária nesta equipe sinto a honra de fazer parte de um sonho colectivo, um sonho que se torna real pela congregação de energia plural, um sonho que oferece inspiração a quem dá e quem recebe.  Como em cada acto de Amor, é difícil etiquetar quem é o dador ou o receptor. A interacção é sempre dinâmica, alimentando a oportunidade de dar espaço e luz a cada actor desta história.

Contando com a mágica, dedicada e atenta preparação do coordenador do evento em Portugal, esta edição do Help-Portrait proporcionou sorrisos a centenas de rostos. Bem cedo pela fresca manhã já era visível a adrenalina das ansiadas respostas a um sem fim de expectativas: equipas de futebol, uma banda rap, famílias, amigos – desfilando em gamas de idades desde bebés a anciãos.

O evento ocorreu no Centro Social da Musgueira, o centro fundado no início dos anos 60 por voluntários inspirados em prestar ajuda às famílias mais carenciadas e/ou problemáticas do bairro – marcado por um frágil ambiente social nos arredores de Lisboa. As suas acções variam num largo leque de áreas, visando ”a promoção social e humana, a capacitação, o desenvolvimento, a aprendizagem em conjunto, a integração.”

Desde a preparação do espaço à entrega das fotografias emolduradas, testemunhamos momentos de ansiedade, dedicação, euforia, desejo, entusiasmo, brincadeira, generosidade, tensão, vaidade, cooperação e competição. Quando todo o tipo de emoções sobe ao palco, é possível presenciarmos a verdade que cada vida encena. Cada fotografia torna-se realisticamente viva: representam histórias e actores, apresentados e representados por pessoas reais, desafiadas pelas aventuras da vida quotidiana.

Pude ver e sentir nos sorrisos emoldurados o luminescente poder do encanto pela sua imagem capturada; o orgulho de partilharem com outros a beleza que irradiam – singular e colectivamente; o sentimento de serem merecedores de mimos e cuidados, de receberem luz e atenção; a inspiração de reconectar com o potencial de irradiar todos os dias, partilhando o melhor sorriso e animando outros com o seu entusiasmo.

Há qualquer coisa no olhar para uma magnífica fotografia de um ídolo e sonhar ser tão belas(os) quanto… E depois, há aquela outra coisa que é olhar para o magnífico que é o teu ser posando para essa foto, recordando-te que bela(o) já o és. Recordando: trazendo vida a essa memória para a tua experiência quotidiana.

Entusiasmada com o potencial deste evento e com os efeitos que gera, vejo-nos equipa já em alinhamento para a contínua melhoria que podemos aportar a cada edição. Sinto-me agradecida por todos os sonhadores e realizadores que tornam estes sonhos possíveis de ser vividos, dadores e receptores! 

.

e sobre o evento de 2012: aqui.

em contagem decrescente

Dezembro 5, 2012 — 1 Comentário

para o Help-Portrait Lisboa!
ontem no Diário de Notícias:

DN HP

e hoje na Rádio Comercial e Antena 1, aqui neste trecho a partir do minuto 14:55:
http://www.rtp.pt/programa/radio/p1043/c101174

.

HELP – PORTRAIT

Novembro 28, 2012 — 3 comentários

HELP-PORTRAIT traduzido à letra poderia ser qualquer coisa como Retrato-Ajuda.
e como é que um retrato ajuda? para que pode ser útil uma fotografia? como podem fotógrafos contribuir para uma causa, fazer a diferença na vida de alguém?

o Help Portrait surgiu nos EUA, com o intuito de reunir fotógrafos um pouco por todo o mundo, dispostos a usar as suas valências em prol da sua comunidade local.
trata-se de um evento cujo objectivo não é o de tirar fotografias e sim o de OFERECER FOTOGRAFIAS – a indivíduos e/ou famílias que de outra forma não teriam acesso a esta oportunidade – agora.
pessoas que talvez nunca tenham sido fotografadas, nunca tenham sentido a adrenalina dos preparativos de uma sessão totalmente dedicada a realçar a sua beleza, que nunca tenham tido a possibilidade de abraçar uma lembrança do potencial que naquele momento expressam.

é um evento totalmente organizado por voluntários que em torno desta missão identificam comunidades-alvo e tornam este evento uma realidade. equipas compostas de fotógrafos, amantes de fotografia, maquilhadores, gentes de coração disponível a fazer destes momentos um sucesso para todas as partes.

os testumunhos das edições anteriores são inspiradores e, em histórias contadas na primeira pessoa, demonstram o valor que a iniciativa acrescenta aos indivíduos e comunidades envolvidas: voluntários e retratados.


d
a minha experiência enquanto voluntária na edição de 2011, em Lisboa no bairro da Cova da Moura, recordo o entusiasmo da descoberta em que cada uma das pessoas envolvidas vibrava. acompanhei a montagem do espaço, a recepção dos primeiros inscritos, o trabalho de bastidores das maquilhadoras e pós-produção, a curiosa tarefa de pacientemente conduzir algumas irrequietas crianças – aceleradas pelo empolgar de tanta novidade: luzes, fios, câmaras, computadores, pincéis, cremes, …
famílias inteiras que se reuniram para guardar para a posteridade a alegria de ali estarem juntas, casais jovens com os seus primeiros filhos, mães cúmplices, irmãos compinchas, meninas que sonham com o estrelato. cada fotografia realizada foi entregue, em mãos, devidamente emoldurada para a eternidade.
juntei-me à equipa organizadora de véspera e apenas pude colaborar durante as primeiras horas – nada que me impedisse de me sentir bastante bem acolhida e regressar a casa de coração cheio. as fotos deste artigo foram as que tive oportunidade de realizar, em ambiente de bastidor, enquanto por lá estive.

deixo-vos o inspirador video da nossa edição de 2011, realizado pelo Luís Leonardo:

.

e a referência para o site oficial help-portrait.com que reúne toda a informação dos eventos espalhados um pouco por todo o mundo, onde hoje encontrei mais esta pérola:

.

dia 08 de Dezembro estaremos no Centro Social da Musgueira para mais um proliferar de sorrisos : ) quem se quiser juntar à equipe deste ano, envie-me um e-mail que encaminharei o contacto para a coordenação da equipe-a-postos.

.